Qual a melhor época para viajar para a Amazônia?

Uma das dúvidas mais comuns entre os viajantes, na hora de planejar sua ida a uma de nossas Expedições, é a respeito da melhor época para viajar. Hoje, vamos esclarecer tudo o que você precisa saber a respeito do clima e das particularidades da floresta.


Por isso, antes de mais nada, é importante deixar muito claro: todas as épocas do ano são boas para conhecer a Amazônia - o que não quer dizer que seja sempre a mesma coisa.


Muito pelo contrário. Ao longo de 12 meses, a altura dos rios chega a variar até 15 metros, devido a uma série de fatores, desde o índice de chuvas até o degelo nos Andes!


O fato é que cada época tem seu charme e suas vantagens. Por isso, ao invés de saber qual época é melhor para viajar para a Amazônia, o melhor é perguntar o que o período escolhido para sua viagem oferece de mais interessante! É isso que vamos responder agora.


Clima da Amazônia


É fundamental esclarecer que a floresta amazônica é gigantesca, cobrindo áreas de diversos países da América do Sul, sendo portanto um bioma complexo e cheio de especificidades regionais.


O que vamos fazer aqui é traçar um panorama geral, válido para grande parte da região, inclusive onde acontece nossa Expedição Rio Negro.


O primeiro ponto a considerar é que, independente do mês da sua viagem, o calor e a umidade estarão presentes para te receber! A temperatura mínima não baixa dos 22º C e a máxima estará sempre acima de 30º C - ou seja, o mergulho no Rio está garantido!


Como outras regiões na altura da linha do Equador, há duas estações principais na Amazônia: a de chuvas e a “seca”. Sim, “seca” com aspas, porque, assim como o calor, a chuva é presença garantida durante todo o ano. Longe de atrapalhar, as chuvas fazem parte do passeio e costumam ser muito bem-vindas para aliviar um pouco a sensação térmica.


Chuvas e Cheias


O período de maior incidência de chuvas vai de dezembro a maio, atingindo o pico entre fevereiro e abril. Já entre junho e novembro, as chuvas diminuem, apesar de, como já dissemos, jamais cessarem.


Isso influencia diretamente a alta dos rios, entre os meses de março e agosto, atingindo o ápice em meados desse período, por volta de junho e julho. Já nos meses de final e começo de ano, as águas atingem os níveis mais baixos.

Fonte: Climatempo


O que fazer em cada período do ano?


O meio do ano (junho a agosto) é quando há menos chuva e os rios ainda estão cheios, o que é ótimo para navegar pelos igapós, às vezes na altura da copa das árvores.

De setembro até o início do ano, entre janeiro e fevereiro, as temperaturas sobem e as águas baixam. Esse é o cenário ideal para curtir praias de rio ou fazer caminhadas e trilhas na floresta.

Por fim, entre março e maio, com as chuvas mais constantes e o nível do rio subindo, os animais costumam ser mais ativos, o que pode ajudar nas saídas (inclusive noturnas) para observação da vida selvagem.


Conte com um time de especialistas


Quem melhor do que as pessoas que vivem na floresta para conhecer seus segredos?


É por isso que, viajando com a Vivalá, você tem a garantia de sempre viver tudo o que a Amazônia tem para oferecer, já que você estará sendo guiado por membros das próprias comunidades ribeirinhas, que nasceram, cresceram e sabem tudo sobre os rios e a floresta!


Acesse agora mesmo nosso calendário de expedições e garanta sua vaga em uma viagem de turismo sustentável neste tesouro brasileiro, em conexão profunda com a comunidade e a natureza!